Socialista à cabeça na corrida presidencial no Equador

O socialista Lenin Moreno, candidato do partido no poder no Equador, é o favorito na segunda volta da eleição presidencial, face ao candidato conservador, o antigo banqueiro Guillermo Lasso.

Apesar da data da segunda volta ainda não ter sido anunciada oficialmente, tudo aponta que será a 2 de abril, quando 12,8 milhões de equatorianos terão, obrigatoriamente, de apresentarem-se nas urnas para escolherem o sucessor de Rafael Correa, o vice-presidente e 137 deputados.

Os equatorianos têm de decidir sobre a continuação do “Socialismo do XXI século” de Rafael Correa, que se inspirou no modelo de Hugo Chavez na Venezuela, ou numa viragem à direita em moldes semelhantes da Argentina ou Peru.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

As autoridades timorenses distribuíram cestas básicas a menos de metade dos beneficiários previstos durante os primeiros seis meses de implementação…
Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…
África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

As autoridades sul-africanas impediram a entrada ilegal de 40 moçambicanos no seu território, por ocasião do regresso de várias pessoas…
Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

A Comissão Mista Angola-Brasil vai reunir-se entre março e abril para impulsionar as relações de cooperação bilateral.  Esta foi uma…