Socialista à cabeça na corrida presidencial no Equador

O socialista Lenin Moreno, candidato do partido no poder no Equador, é o favorito na segunda volta da eleição presidencial, face ao candidato conservador, o antigo banqueiro Guillermo Lasso.

Apesar da data da segunda volta ainda não ter sido anunciada oficialmente, tudo aponta que será a 2 de abril, quando 12,8 milhões de equatorianos terão, obrigatoriamente, de apresentarem-se nas urnas para escolherem o sucessor de Rafael Correa, o vice-presidente e 137 deputados.

Os equatorianos têm de decidir sobre a continuação do “Socialismo do XXI século” de Rafael Correa, que se inspirou no modelo de Hugo Chavez na Venezuela, ou numa viragem à direita em moldes semelhantes da Argentina ou Peru.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin