América Latina

Venezuela aposta na economia 100% digital para 2021

O Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro, durante a Mensagem Anual à Nação, anunciou que até 2021 a economia será digitalizada para fortalecer a moeda nacional (o bolívar) e captar divisas.

Maduro explicou que 77% das operações comerciais são feitas digitalmente em bolívares e apenas 20% em dólares à vista.

“Eles atacaram a nossa moeda para prejudicar o bolívar, mas resistimos corajosamente. Estamos a aceitar divisas para abrir contas na economia digital em todo o país”, destacou.

Neste contexto, o Chefe de Estado destacou a importância de promover a abertura de contas em moeda estrangeira para que os venezuelanos possam realizar transações digitais em moeda estrangeira.

“O uso de divisas tem sido importante para recuperar a economia venezuelana. Falou-se sobre a dolarização, mas na realidade é uma válvula de escape para aliviar a economia venezuelana”, frisou.

Mesmo assim, acrescentou que a atividade comercial quintuplicou uma mudança fundamental na relação dos sectores privados com o Estado, o que fez com que “apesar dos atentados e da quebra de receitas, começa a surgir uma nova economia, autónoma”, especificou.

Como parte da economia digitalizada, o dirigente anunciou que o pagamento pelo uso do transporte público também será digitalizado. “Podemos dizer que criamos a primeira Bolsa de Valores descentralizada para relançar a economia nacional.”

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo