América Latina

Venezuela: Apreendidos 11 mil quilos de drogas na fronteira com a Colômbia

O primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv), Diosdado Cabello, informou na segunda-feira que na fronteira colombo-venezuelana as agências de segurança do Estado venezuelano realizaram uma operação na qual foram apreendidos 11 mil quilos de substâncias ilegais.

“É uma operação que foi feita na fronteira com a Colômbia num laboratório onde instalaram mais de 11 mil quilos de drogas. Quem os instala? Nós não produzimos, são eles (Colômbia) ”, disse Cabello durante uma conferência de imprensa no Poliedro de Caracas.

Cabello explicou que estas ações fazem parte de um grande mecanismo de lavagem de dinheiro e trocas ilegais entre a Colômbia e os Estados Unidos (EUA).

O governante rejeitou as declarações do presidente colombiano, Iván Duque, que acusou a Venezuela de ser um santuário para terroristas e traficantes de drogas.

“Que algum presidente da Colômbia fale sobre tráfico de drogas e acusação de tráfico de drogas a outro país é o maior absurdo que alguém possa dizer. O interesse da Colômbia é que a Venezuela mude o seu governo para poder passar livremente as suas drogas pelo território venezuelano. Mas enquanto a Revolução cá estiver, por aqui não passarão”, assegurou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo