América Latina

Venezuela: Cabello assegura que ataque à CNE não impedirá eleições legislativas

O primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, rejeitou fortemente os incidentes deste fim de semana em que um incêndio foi gerado nos armazéns do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) no estado de Miranda.

Não será o ataque a essas instalações que nos impedirá de ter eleições legislativas em 2020, conforme estipulado nesta Constituição“, disse Cabello.

Nada vai parar o andamento das eleições legislativas este ano. A direita procura desesperadamente dar esperança aos seguidores que já não acreditam neles. Mas o povo está preparado para defender as eleições legislativas”, disse, no estado de Falcon.

Cabello garantiu que as legislativas serão um triunfo. “Vamos demonstrar que somos uma cidade que não esmorece com sabotagens“, afirmou.

Conhecemos esta história, sempre que a direita está encurralada, procura incidentes para tentar levantar o ânimo daqueles que o perderam há muito tempo, para gerar lideranças onde não há liderança para começar a posicionar nomes, então não lhes resta mais nada a não ser incendiar algumas instalações da CNE”, declarou.

O dirigente acusou os líderes da oposição venezuelana de continuar a receber dinheiro dos EUA para conspirar contra a Venezuela. “A direita o que quer é que não haja eleições na Venezuela porque preferem continuar a receber dinheiro dos ativos da Venezuela no exterior”.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo