Venezuela começará testes de vacinas contra o covid-19

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, indicou no domingo que o país está a trabalhar para que os testes das vacinas covid-19, desenvolvidas pela China, Rússia e Cuba, comecem em breve.

“Os documentos de confidencialidade foram assinados e vamos anunciar o início dos testes das vacinas russa e cubana no país, para que a Venezuela possa ser incorporada à vacina russa, chinesa, cubana”, disse o chefe de estado venezuelano.

Maduro afirmou que a prioridade do Governo será adquirir a vacina para que esta possa ser aplicada a toda a população.

Segundo as declarações do governante, enquanto a vacina está ser desenvolvida o Governo concentra-se nos testes em massa. As autoridades seguem a metodologia casa-a-casa, que conta com o envio de mais de 10.000 brigadas médicas, entre cubanos e venezuelanos.

De acordo com Maduro, esta semana “o número estabilizou”.

“A Venezuela tem o menor índice de letalidade do mundo. Peço a Deus e aos nossos médicos que mantenham este esforço para salvar vidas, enquanto reduzimos os números para controlar e derrotar esta pandemia”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

São Tomé e Príncipe: Comissão Económica da ONU em São Tomé

A Comissão Económica da ONU para África está em São Tomé e Príncipe, com o objetivo de discutir com o…
Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

Moçambique: Exoneração do Primeiro Ministro

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea b) do número…
Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin