América Latina | Crise

Venezuela: Guaidó adverte o regime que se não acabar com a usurpação usará a força

Juan Guaidó, auto-proclamado presidente interino da Venezuela, elevou o tom no seu discurso para combater as investidas do regime de Nicolás Maduro. O líder garantiu que Maudro, que usurpa o poder em Miraflores tem duas opções claras para abandonar a posição que ocupa atualmente de maneira ilegal.

“Ou chega o fim da usurpação, seguimos com uma CNE independente e uma transição democrática, ou também optamos pela cooperação e pelo uso da força, porque também há suficientes soldados descontentes para avançar”, disse, numa entrevista na VPItv.

Guaidó também reiterou que “são eles hoje, por terem sequestrado o poder, os que decidirão como será a transição, ou serão forçados ou abrirão as portas da transição, há opções”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo