América do Norte | América Latina | Médio Oriente

Venezuela: Irão está disposto a enviar mais remessas de gasolina para fazer face à escassez de combustível

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Irão anunciou esta segunda-feira, que enviará mais remessas de gasolina para a Venezuela se Nicolás Maduro assim solicitar, apesar da pressão dos Estados Unidos para evitar essa transação.

Se o governo venezuelano solicitar um novo carregamento, nós o enviaremos“, enfatizou o porta-voz do ministério, Abás Musaví, quando questionado sobre o assunto em conferência de imprensa.

O porta-voz insistiu que essa transação entre o Irão e a Venezuela é legítima, já que os dois países estão “sob sanções cruéis e unilaterais dos Estados Unidos, que nenhum país é obrigado a cumprir“.

Ambos os países têm direito ao livre comércio, mas, como os americanos estão acostumados ao unilateralismo, não o aceitaram“, denunciou.

Perante uma possível ação americana, a Venezuela decidiu escoltar os navios iranianos que, além da gasolina, contêm outros materiais que serão usados pela petrolífera estatal venezuelana PDVSA nas refinarias do país.

A Venezuela sofre há semanas com uma grave escassez de gasolina, que levou milhares de motoristas a ficar na fila durante dias nas proximidades dos postos de gasolina em todo o país.

A tensão entre o Irão e os Estados Unidos aumentou desde Washington em 2018, retirou-se unilateralmente do acordo nuclear com Teerão e reimpôs sanções ao país, incluindo as exportações de petróleo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo