América Latina | Crise

Venezuela: Luisa Ortega Díaz denunciou torturas à esposa de Miguel Rodríguez Torres

A ex-procuradora da Venezuela no exílio, Luisa Ortega Díaz, informou na quarta-feira, na sua conta do Twitter, que Rocio Ramirez, esposa do Major General reformado, Miguel Rodriguez Torres, terá sido supostamente torturado na sede da Direcção-Geral de Contra-Inteligência Militar (Dgcim).

“Tenho informação de que a companheira do M/G Rodriguez Torres foi barbaramente espancada e torturada na Dgcim. O seu estado de saúde é grave e não querem prestar-lhe cuidados médicos. Estes covardes querem matar uma mulher para continuar a incutir medo nas forças armadas”, escreveu Díaz.

No passado dia 13 de maio membros da Dgcim, prenderam Rocio Ramirez, esposa do Major General Miguel Rodriguez Torre. Fontes próximas do militar reformado informaram que a prisão ocorreu em Caracas, depois de se saber que Rodriguez Torres seria transferido para uma prisão de “segurança máxima”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo