Venezuela: Maduro anuncia desvalorização do bolivar e aumento histórico do preço da gasolina

Nicolas Maduro apresentou hoje novas medidas para combater o estado de emergência económica em que a Venezuela se encontra, entre as quais constam mais uma desvalorização da moeda nacional ‘bolívar’ e um aumento sem precedentes do preço dos combustíveis (o último aumento do preço dos combustíveis data de 1996).

A taxa de câmbio oficial agora anunciada (1 usd = 10 bol) traduz uma desvalorização de 37% da moeda nacional (anteriormente 1 usd = 6,3 bol) mas ainda assim muito longe da taxa de câmbio real, praticada nas ruas de Caracas em que 1 usd é transacionado a mais de 1000 bol.

 

 

Relativamente ao preço dos combustíveis, Maduro anunciou um aumento verdadeiramente chocante de 1329%, com um litro de gasolina de 95 octanas a passar para 6 bol.

Apesar do caráter drástico destas medidas, a maioria dos analistas considera-as insuficientes para travar a degradação das contas públicas da Venezuela e para conter a espiral inflacionista que tem dizimado a economia nacional. Pelo contrário, os comentadores económicos consideram cada vez mais provável um ‘default’ do Estado venezuelano que enfrenta cerca de usd 10 mil milhões em pagamentos de juros no curto e médio prazo.

Os críticos que se opõem ao programa económico socialista de Maduro defendem que a única solução capaz de evitar um default passa pelo completo desmantelamento do sistema monetário criado há 13 anos por Hugo Chavez.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin