América Latina

Venezuela: Maduro anuncia exercícios militares para 15 e 16 de fevereiro

Nicolás Maduro convocou exercícios militares nas principais cidades do país para os próximos 15 e 16 de fevereiro.

Maduro habitualmente convoca manobras da FANB (Força Armada Nacional Bolivariana), alegando que prepara a defesa da soberania contra planos intervencionistas dos Estados Unidos e aliados regionais, como a vizinha Colômbia.

«Vamos fazer os primeiros exercícios militares do ano 2020 (…). Exercícios militares especiais para implantar o sistema de armas, para implantar todas as Forças Armadas ”, afirmou Maduro num evento com o alto comando militar e milicianos civis que, enfatizou, também participarão dos exercícios.

De 10 a 28 de setembro, militares e milicianos foram mobilizados em exercícios na fronteira com a Colômbia. A reforma da lei da FANB visa incluir a milícia como um componente especial.

Maduro adiantou que desta vez as manobras procurarão preparar a defesa das cidades. Sem avançar mais detalhes, nomeou cinco das maiores cidades do país: Caracas, Maracay, Valência, Barquisimeto e Maracaibo.

O líder venezuelano declarou estar pronto para “rebentar com os dentes do imperialismo” se houvesse agressões contra a Venezuela.

A Venezuela tem cerca de 365.000 militares e, segundo Maduro, cerca de 3,7 milhões de milicianos, mais de 10% da população.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo