América Latina | Economia

Venezuela: Maduro aumenta preço dos combustíveis para combater o contrabando

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, anunciou que o combustível será vendido em breve pelos preços do mercado mundial para combater o contrabando desenfreado.

De acordo com as declarações do presidente venezuelano, a medida visa impedir que o combustível subsidiado da Venezuela atravesse ilegalmente a Colômbia e outros países vizinhos, referindo que o contrabando custa milhões à Venezuela.

Esta medida também faz parte do plano do presidente de reformar uma economia implodida, na qual a inflação deve superar um milhão por cento este ano.

Encher um tanque de combustível na Venezuela socialista custa hoje menos de um centavo dos EUA.

Maduro disse que os venezuelanos que exibirem na bomba de abastecimento o seu cartão de identificação emitido pelo governo ainda poderiam comprar combustível subsidiado, mas deram poucos outros detalhes sobre as mudanças planeadas.

Muitos venezuelanos que se opõem ao governo de Maduro recusam o cartão de identificação.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo