Nicolàs Maduro

Venezuela: Maduro cancelou aulas presenciais até janeiro de 2021

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou no domingo que não haverá regresso às aulas presenciais em todos os níveis de ensino porque prejudica o controlo da pandemia do covid-19.

A Venezuela tinha programado a retoma das aulas presenciais para o dia 16 de setembro. No entanto, justificando que nos países europeus e nos Estados Unidos o regresso às salas de aula tem causado surtos de Covid-19, o dirigente cancelou a medida.

“Sem dúvida, o regresso às aulas presenciais não é favorável para o controlo da pandemia”, disse Maduro. Por isso, “não há regresso presencial às aulas na Venezuela e veremos se voltamos em janeiro”, após o tradicional feriado de Natal e Reveillon, acrescentou.

Até segunda-feira, a Venezuela acumulou 61.569 casos de covid-19, dois dos quais 11.704 estão ativos. Destes, 7.644 encontram-se internados.

Ñáñez especificou que até ao momento existem 8.108 casos assintomáticos, 2.588 têm insuficiência respiratória, 854 são pacientes moderados e 154 estão em cuidados intensivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

O “Jornal de Angola” noticia “Angolanos que fogem da Ucrânia podem chegar a Luanda este mês”. Segundo a “Angop”, os…
Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin