América Latina

Venezuela: Maduro desafia Guaidó a convocar eleições “para o derrotar já com os votos do povo”

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, instou esta quarta-feira o auto-proclamado Presidente interino do país, Juan Guaidó, a convocar eleições presidenciais antecipadas.

“Por aqui há um palhaço que diz ser Presidente interino. A primeira coisa que deve fazer um Presidente interino é convocar eleições. Porque não convoca eleições, para o derrotar já com os votos do povo?”, questionou Nicolás Maduro, em Caracas.

No seu discurso, Maduro voltou a insistir que Donald Trump   tem um plano para “apoderar-se dos recursos e das riquezas minerais venezuelanas”, advertindo que  que se a Venezuela fosse invadida pelos Estados Unidos, não apenas os venezuelanos “levantariam as armas” para a defender, como também os povos asiáticos, árabes, das Caraíbas e da América Latina. “Se a Venezuela for agredida militarmente pelo império dos EUA, os povos do mundo se levantarão e lutarão, junto com a Venezuela, em todos os territórios”, disse.

Juan Guaidó é reconhecido como Presidente interino da Venezuela por mais de meia centena de países, entre eles os EUA e a União Europeia, incluindo Portugal.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo