América Latina

Venezuela: Maduro incorporou um contingente de milicianos à Guarda Nacional Bolivariana

O presidente Nicolás Maduro incorporou no domingo o primeiro contingente de milicianos ao componente da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) para levar a cabo trabalho de defesa e segurança para a nação.

“Eu incorporo este primeiro contingente de membros da milícia ao componente da Guarda Nacional Bolivariana, para que eles se unam totalmente ao trabalho de segurança do nosso povo”, disse o presidente na Academia Militar de Caracas, onde se comemoraram os 82 anos da GNB.

Antes da cerimónia, o chefe de Estado comentou através da sua conta na rede social Twitter que “assinala-se 1 ano, em que 04 de agosto ficou marcado na história como uma tentativa frustrada de acabar com a Revolução”, em referência ao ataque fracassado com drones de que foi alvo há um ano.

Temas: América Latina | Venezuela | Forças Armadas | Nicolás Maduro

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo