América Latina

Venezuela: Maduro suspende voos da Europa e Colômbia devido a preocupações com coronavírus

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, anunciou em conferência de imprensa que todos os voos da Europa e Colômbia serão suspensos durante um mês devido a preocupações com o Coronavírus.

A Venezuela ainda não confirmou nenhum caso do vírus, mas o país permanece alerta, disse Maduro. “Não chegou aqui, mas a qualquer momento pode chegar.”

As reuniões públicas também serão suspensas e o governo vai avaliar se suspenderá ou não os voos de outras regiões nas próximas semanas.

Maduro informou que a Venezuela teve 30 casos suspeitos, mas que o resultado dos testes foi negativo. O dirigente acrescentou que o seu governo está a fazer esforços para coordenar com a Colômbia, que confirmou casos do novo coronavírus.

O colapso dos preços do petróleo, devido à queda na procura à medida que o novo coronavírus se espalha globalmente e a uma guerra de preços entre os principais produtores da Arábia Saudita e da Rússia, foi um “golpe brutal” para a economia da Venezuela, acrescentou Maduro, sem fornecer detalhes.

Anos de recessão, hiperinflação e subinvestimento em serviços públicos deixaram a Venezuela em péssimas condições para enfrentar qualquer caso do coronavírus que está a espalhar-se rapidamente pelo mundo.

Os hospitais do país sofrem com a escassez crónica de remédios e suprimentos, como máscaras faciais, além de ocorrerem frequentes falhas de eletricidade e água corrente.

A Organização Pan-Americana da Saúde disse na semana passada que daria prioridade ao Haiti, Venezuela e vários outros países da América Central e do Sul que têm “mais desafios para seus sistemas de saúde”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo