Venezuela: Mães em dificuldade entregam filhos a famílias abastadas

Uma reportagem divulgada pela BBC revela que numa altura em que a Venezuela enfrenta uma uma grave crise financeira e social, muitas mães têm optado por entregar os filhos às autoridades ou a famílias em melhores condições financeiras.

“Eu pensei que, fazendo isso, conseguiria alimentar meus outros filhos e que minha bebé teria um futuro melhor. Sinto-me arrasada por não tê-la comigo”, afirmou Judith, uma das mulheres entrevistadas pela BBC

A Venezuela, que já foi um dos países mais ricos da América latina e chegava a distribuir empréstimos e doações na região, enfrenta uma inflação que chega a 1.000.000% no ano, e a  população tem enfrentado problemas que incluem a falta de alimentos, higiene pessoal e até de itens de saúde.

Dados da ONU apontam que 87% dos venezuelanos vivem na pobreza, bem mais do que os 48% registados em 2014. De acordo com a FAO, a agência das Nações Unidas especializada em agricultura e alimentação, entre 2011 e 2018 o número de cidadãos desnutridos no país saltou de 3,6% para 11,7%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Os dados do Cadastro Social Único (CSU), divulgados pela Secretária de Estado para a Inclusão Social, Lídia Lima, indicam que…
Angola: BNA reduz taxa de juro base

Angola: BNA reduz taxa de juro base

O Comité de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA) reduziu a taxa de juro base em 0,5%. Esta passou…
ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

O representante especial adjunto do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão, Markus Potzel, afirmou que a…
NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, afirmou nesta sexta-feira, 30 de setembro, que a anexação dos territórios ucranianos à Rússia representa…