América Latina

Venezuela: MP investiga 559 polícias e militares por extorsão e sequestro

O procurador Tarek William Saab informou na quarta-feira, 23 de outubro, que em dois anos o seu gabinete lidou com 5.157 casos de extorsão e sequestro.

“Apresentamos um breve balanço do progresso feito na luta contra esses dois crimes”, afirmou, explicando que esse número engloba 1.871 imputações e 1.026 acusações. 3.478 pessoas foram acusadas desses delitos e 2.159 privadas de liberdade.

Por extorsão e sequestro, a Procuradoria-Geral da República investiga 559 funcionários, agentes do Estado, vinculados aos casos. “Existem 559 policiais ou militares investigados por casos de extorsão e sequestro, dos quais 372 são privados de liberdade, o Ministério Público não discrimina um cidadão comum de uma autoridade”, disse na conferência de imprensa em Caracas.

Saab, que se declarou a favor de querer humanizar o sistema de justiça, disse: “Apelo a que não tenham medo de apresentar denuncias, em todas as sedes do MP em todo o país estamos prontos para investigar e acompanhar as vítimas. Este MP quer deixar claro que não há impunidade”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo