América Latina

Venezuela: Oposição alerta para plano do governo para dissolver o parlamento

A Assembleia Constituinte pró-governo da Venezuela realizou uma sessão não programada na segunda-feira, com a oposição advertindo para que se estava a preparar para anunciar a dissolução da Assembleia Nacional, controlada pela oposição.

A advertência foi dada pelo líder da oposição, Juan Guaido, que disse num vídeo publicado no domingo que o governo do presidente Nicolas Maduro planeava convocar eleições antecipadas e dissolver o parlamento. “Se eles fizerem o que planeiam, teremos uma fase de maior conflito”, disse Guaido no vídeo, publicado no Twitter.

Criada em 2017, a Assembleia Constituinte foi amplamente vista como uma proposta de Maduro para substituir a Assembleia Nacional, o parlamento do país, que tinha sido destituído dos seus poderes por supostamente terem tomado posse deputados eleitos alegadamente ilegalmente. A Assembleia Nacional permaneceu como o principal bastião da oposição, com Guaido eleito seu presidente em janeiro.

Guaido também disse no domingo que o governo está a preparar-se para “massivamente perseguir” os deputados na Assembleia Nacional, despojando-os da sua imunidade parlamentar.

Na segunda-feira, o Supremo Tribunal pediu à Assembleia Constituinte para suspender a imunidade de mais três deputados por acusações, incluindo traição, disse o Partido Socialista, no poder, e o jornal El Nacional.

Isso eleva para 18 o número de políticos da oposição, incluindo Guaido, acusados este ano de traição e instigam a rebelião.

Anteriormente, Guaido tinha avisado que Maduro estava a lançar uma “perseguição em massa” de deputados anti-governo.

“O pequeno Juan e o seu grupo estão muito ansiosos, não suportam pressão, preocupam-se se vamos dissolver o parlamento, se vamos convocar eleições antecipadas, se vamos retirar a imunidade a 25 deputados, pare de ficar tão nervoso”, escreveu na segunda-feira o presidente da Assembleia Constituinte, Cabello.

As eleições parlamentares não são esperadas antes do final de 2020.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo