Venezuela: Três milhões de venezuelanos fugiram à crise política e sócio-económica em 8 anos

Três milhões de cidadãos venezuelanos fugiram do país nos oito anos desde que o país sul-americano entrou em crise socioeconómica e política, segundo as Nações Unidas.

Novos dados divulgados na quinta-feira indicam que quase 10 por cento da população da Venezuela fugiu devido à hiperinflação do país, fome, aumento de assassinatos e outros crimes, e falta de emprego que começou durante o governo Hugo Chávez em 2010 e piorou agora sob o presidente Nicolas Maduro.

Cerca de 32 milhões de habitantes permanecem no país, segundo dados do Banco Mundial de 2017.

A Organização Internacional das Migrações (OIM) da ONU e o Alto Comissáriado para os Refugiados (ACNUR) revelaram no relatório que os venezuelanos fugiram para países de todo o mundo, bem como para a vizinha Colômbia e outras nações do continente.

Cerca de 2,4 milhões dos 3 milhões de migrantes e refugiados permanecem na América Latina e no Caribe. A Colômbia recebeu 1 milhão de pessoas; O Peru recebeu 500.000, Equador, 220.000, Argentina, 130.000. As restantes 600.000 pessoas foram para os EUA, México, Europa, Ásia e outras nações.

“Os países da América Latina e do Caribe mantiveram uma louvável política de portas abertas para os refugiados e migrantes da Venezuela, no entanto, sua capacidade de recepção está severamente limitada, exigindo uma resposta mais robusta e imediata da comunidade internacional se essa generosidade e solidariedade continuarem “, disse em comunicado, Eduardo Stein, Representante Especial Conjunto do ACNUR-OIM para Refugiados e Migrantes da Venezuela.

A crise que vive a Venezuela é a pior da história do país e a economicamente mais devastadora que alguma nação da América do Norte e do Sul já viu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

O Presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD) Jorge Bom Jesus, acredita numa “vitória”…
STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

Terminou esta sexta-feira em São Tomé e Príncipe, a campanha eleitoral para as eleições legislativas, autárquicas e regionais marcada para…
Angola: Remessas dos portugueses no país sobem 37,5%

Angola: Remessas dos portugueses no país sobem 37,5%

As remessas da diáspora portuguesa em Angola aumentaram 37,5% em julho, o que significa 41,3 milhões de euros. Estes são…
Cabo Verde: Dívida pública atingiu 152,5% do PIB

Cabo Verde: Dívida pública atingiu 152,5% do PIB

O Ministério das Finanças de Cabo Verde indica que o ‘stock’ da dívida pública aumentou, até julho, 152,5% do Produto Interno…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin