Afeganistão: Administração Talibã pede reconhecimento oficial

O primeiro-ministro interino do Afeganistão, mulá Hasan Akhund, pede o reconhecimento oficial da administração Talibã, refere a “Reuters”. Isto porque países estrangeiros têm recusado esse reconhecimento ao regime que se apoderou do país em agosto do ano passado.

O apelo foi feito nesta quarta-feira, 19 de janeiro, na altura em que Akhund deu uma entrevista coletiva em Cabul. “Peço a todos os governos, especialmente os países islâmicos, que comecem a reconhecer”, disse.

Recorde-se que as potências estrangeiras têm dúvidas em reconhecer o governo do Talibã. Neste sentido, nações ocidentais lideradas pelos Estados Unidos da América congelaram bilhões de dólares em ativos bancários afegãos e cortaram o financiamento ao desenvolvimento, o que tem agravado significativamente a pobreza do Afeganistão.

“A ajuda de curto prazo não é a solução. Devemos tentar encontrar uma maneira de resolver os problemas fundamentalmente”, frisou o primeiro-ministro.

Segundo a Representante Especial do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão, Deborah Lyons, a crise económica do Afeganistão é um problema sério que precisa ser abordado por todos os países.

“As Nações Unidas estão a trabalhar para revitalizar a economia do Afeganistão e resolver fundamentalmente os problemas económicos do Afeganistão”, partilhou durante a referida entrevista coletiva.

Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores do Afeganistão, Amir Khan Muttaqi, afirmou que “a ajuda humanitária é a solução de curto prazo para os problemas econômicos, mas o que é preciso para resolver os problemas de longo prazo é a implementação de projetos de infraestrutura”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin