Afeganistão: Embaixador na ONU do governo deposto renuncia ao cargo

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou nesta quinta-feira, 16 de dezembro, que o embaixador na ONU indicado pelo anterior governo afegão, derrubado pelos talibãs a 15 de agosto deste ano, decidiu abandonar o cargo. 

Segundo a instituição, Ghulam Isaczai “renunciou ao cargo em 15 de dezembro”. A informação foi divulgada pelo porta-voz da ONU, Farhan Haq, à “AFP”. 

Fontes diplomáticas já afirmaram que, depois da retomada do poder em agosto por parte dos talibãs, a missão afegã na ONU tem lutado para se manter operacional. Isaczai tinha pedido à instituição, a 14 de setembro, que o confirmasse como embaixador para o Afeganistão, apesar da mudança de poder em Cabul. 

No entanto, nesse mesmo mês, os talibãs pediram a acreditação de Suhail Shaheen, ex-porta-voz do movimento, em substituição de Isaczai. No início de dezembro, a Assembleia Geral da ONU decidiu aprovar uma resolução onde adiou, por tempo indeterminado, a decisão sobre esta disputa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin