Afeganistão: Governo Talibã quer retoma dos voos internacionais

O governo Talibã no Afeganistão apelou às companhias aéreas neste domingo, 26 de setembro, para que retomassem os voos internacionais para o país. Os novos dirigentes prometeram cooperação total com as companhias e garantiram que os problemas no aeroporto de Cabul foram resolvidos. 

A declaração foi feita através do Ministério das Relações Exteriores, numa altura em que o novo governo intensifica os esforços para abrir o país e conquistar a aceitação internacional depois de ter subido ao poder. 

O pedido foi feito porque existe um número limitado de voos de passageiros e de auxílio a operar no aeroporto do Afeganistão. Os serviços comerciais normais ainda não foram retomados, uma vez que foram encerrados após a evacuação caótica de dezenas de milhares de estrangeiros e afegãos vulneráveis, que quiseram fugir à tomada da capital pelos talibãs

Durante essa evacuação, o aeroporto acabou por ser danificado. Mais tarde foi reaberto com o auxílio de equipas técnicas do Catar e da Turquia. 

Apesar de algumas companhias aéreas, como a Pakistan International Airlines, terem oferecido serviços limitados e algumas pessoas terem conseguido lugares nos voos, os preços relatados estão muitas vezes mais altos do que o normal. 

Segundo o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Afeganistão, Abdul Qahar Balkhi, a suspensão dos voos internacionais deixou muitos afegãos presos no exterior e impediu as pessoas de viajar para trabalhar ou estudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin