Afeganistão: Jornalistas perdem emprego durante regime talibã

A Associação de Jornalistas Independentes Afegãos (IAJA) e os Repórteres Sem Fronteiras (RSF) divulgaram dados, que compilaram em conjunto, sobre a situação dos jornalistas no Afeganistão desde que o regime talibã subiu ao poder, a 15 de agosto.

De acordo com essas entidades, o Afeganistão é considerado o país mais nocivo do mundo para jornalistas desde o regresso dos talibãs. Ao todo, terão sido 231 os meios de comunicação a encerrarem atividade, além de 6,4 mil profissionais da área terem ficado desempregados.

Foi também verificado que a imprensa afegã sofreu uma drástica mudança depois do domínio do grupo fundamentalista. As mulheres foram as mais afetadas, uma vez que 84% (quase quatro em cada cinco mulheres) ficaram desempregadas. Muitas deixaram o país devido às ameaças sofridas. 

Em resposta aos RSF, o porta-voz do governo afegão, Zabihullah Mujahid, disse que o Estados Islâmico apoia “a liberdade para a comunicação na estrutura definida para preservar os interesses superiores do país, com respeito à Sharia e ao Islão”.

No entanto, o cenário parece ser diferente, já que existem informações de que pelo menos sete jornalistas terão sido mortos no Afeganistão em 2021. Tal coloca o país ao lado do México no topo das nações mais fatais para a comunicação social nos últimos 12 meses. 

Segundo a entidade RSF, “a paz definitiva está longe de estar assegurada [no Afeganistão] e as garantias de liberdade de imprensa e proteção de jornalistas dos últimos 18 anos estão agora ameaçadas”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

As autoridades sul-africanas impediram a entrada ilegal de 40 moçambicanos no seu território, por ocasião do regresso de várias pessoas…
Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

A Comissão Mista Angola-Brasil vai reunir-se entre março e abril para impulsionar as relações de cooperação bilateral.  Esta foi uma…
Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, partilhou publicamente que o Brasil pode apoiar o seu país a tornar-se…
Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Os deputados do PAICV eleitos por Santo Antão alertaram nesta quinta-feira, 05 de janeiro, para a situação de abandono da…