Afeganistão: Jovens afegãs proibidas de estudar após o 6.º ano

Os talibãs do Afeganistão voltaram a avançar com mais uma proibição contra o sexo feminino, de acordo com a “SIC Notícias”.

As jovens afegãs já não estão autorizadas a ir além do 6.º ano de escolaridade, uma vez que, para os talibãs, continuar com os estudos significa violar a lei islâmica.

Desde que os talibãs retomaram o poder em agosto de 2021 no país, o sexo feminino tem sido privado de educação, emprego e livre circulação.

Quem já estava na faculdade, por exemplo, foi obrigada a parar. Esta proibição dos estudos tem levado ao aumento do número de casamentos precoces.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…
Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

O militante de longa data do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, PAICV, Júlio Correia, solicitou a sua imediata…
Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Namíbia: Governo e UNICEF vão promover acesso gratuito à internet nas escolas

Duas mil e duas escolas estão mapeadas para beneficiar do Projecto Giga do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF)…