Afeganistão: Mais de metade da população vai passar fome no inverno

Organização das Nações Unidas (ONU) alertou publicamente para a crise humanitária no Afeganistão, que irá agravar com a chegada do inverno. Nessa altura do ano a ONU estima que cerca de 23 milhões de afegãos, número que representa mais de metade da população, vai passar fome. 

De acordo com a mesma fonte, a crise alimentar no Afeganistão já é mais grave do que a vivida na Síria ou no Iémen. Este alerta já tinha sido dado pela Cruz Vermelha Internacional, que apelou à comunidade internacional para trabalhar com os Emirados Islâmicos. 

Em relação ao tema em questão, o ministro afegão da Agricultura, Abdul Rahman Rashid, declarou que “a pobreza e a fome têm muitas causas. Uma é a Covid-19, que está a afetar o mundo inteiro. A segunda é a seca no Afeganistão e na região. A terceira razão é a cessação da ajuda global ao Afeganistão e o congelamento do capital e do dinheiro do Afeganistão nos bancos internacionais”

Muitas organizações humanitárias têm auxiliado a população, de maneira a reduzir o impacto do problema. Num campo de refugiados, o Crescente Vermelho ajuda mais de 500 famílias internamente deslocadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

Guiné-Bissau: Partidos alertam para a agudização da instabilidade e caos total

A Coligação PAI Terra Ranka e o Fórum para a Salvação da Democracia, que congrega MADEM-G15, PRS e APU-PDGB, reuniram…
Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…