Afeganistão: Mais de metade da população vai passar fome no inverno

Organização das Nações Unidas (ONU) alertou publicamente para a crise humanitária no Afeganistão, que irá agravar com a chegada do inverno. Nessa altura do ano a ONU estima que cerca de 23 milhões de afegãos, número que representa mais de metade da população, vai passar fome. 

De acordo com a mesma fonte, a crise alimentar no Afeganistão já é mais grave do que a vivida na Síria ou no Iémen. Este alerta já tinha sido dado pela Cruz Vermelha Internacional, que apelou à comunidade internacional para trabalhar com os Emirados Islâmicos. 

Em relação ao tema em questão, o ministro afegão da Agricultura, Abdul Rahman Rashid, declarou que “a pobreza e a fome têm muitas causas. Uma é a Covid-19, que está a afetar o mundo inteiro. A segunda é a seca no Afeganistão e na região. A terceira razão é a cessação da ajuda global ao Afeganistão e o congelamento do capital e do dinheiro do Afeganistão nos bancos internacionais”

Muitas organizações humanitárias têm auxiliado a população, de maneira a reduzir o impacto do problema. Num campo de refugiados, o Crescente Vermelho ajuda mais de 500 famílias internamente deslocadas.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…
África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

As autoridades sul-africanas impediram a entrada ilegal de 40 moçambicanos no seu território, por ocasião do regresso de várias pessoas…
Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

A Comissão Mista Angola-Brasil vai reunir-se entre março e abril para impulsionar as relações de cooperação bilateral.  Esta foi uma…
Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, partilhou publicamente que o Brasil pode apoiar o seu país a tornar-se…