Afeganistão: Mulheres proibidas de viajar sem companhia de homens

O regime talibã no Afeganistão lançou novas medidas, sendo estas, mais uma vez, contra a liberdade feminina. As mulheres são agora proibidas de viajar sem a companhia de homens.

Assim, as mulheres têm que ser acompanhadas por um parente do sexo masculino para realizarem viagens de longas distâncias. Trata-se de informações avançadas neste domingo, 26 de dezembro.

“As mulheres que viajem mais de 45 milhas [cerca de 72 quilómetros] não podem deslocar-se se não forem acompanhadas por um parente próximo”, disse o porta-voz do Governo, Sadeq Akif Muhajir,à Agência France-Presse (AFP). O “parente próximo” deve ser um homem, explicou.

Os talibãs aconselharam ainda motoristas a aceitar apenas as passageiras que usem véu islâmico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin