Afeganistão recebe ajuda humanitária da ONU

A Organização das Nações Unidas (ONU) viabilizou a retoma da ajuda humanitária ao Afeganistão, que estagnou a partir do momento em que o regime talibã tomou o poder em Cabul, a 15 de agosto.

Os Estados-membros da organização intergovernamental receiam que os talibãs se beneficiem desse auxílio, mas decidiram aprovar o pagamento de fundos e o fornecimento de bens e serviços necessários para atender às “necessidades humanas básicas nos Afeganistão”. Isto porque o povo afegão está a passar necessidades, tendo a ONU afirmado que mais de metade da população iria sofrer de fome no inverno.

A resolução aprovada foi proposta pelos Estados Unidos da América (EUA) e tem a validade de um ano. No documento lê-se que “o pagamento de fundos” e “o fornecimento de bens e serviços” ao abrigo da ajuda humanitária são “permitidos” e não constituem uma violação das sanções impostas ao regime talibã.

O objetivo da iniciativa é também, segundo a ONU, diminuir o número de refugiados do Afeganistão que procuram os países vizinhos para fugirem a um colapso económico. Caso contrário, os mesmos irão sofrer com um aumento significativo de refugiados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin