Afeganistão recebe camiões de combustível do Irão

O representante especial do Irão em Cabul, Hassan Kazemi Qomi, informou que o Teerão, capital iraniana, permitiu que camiões de combustível fossem para o Afeganistão.

“Para atender às necessidades do povo afegão no inverno e a pedido das autoridades afegãs, foi emitida uma autorização para que camiões a diesel passem pelo Afeganistão através do território iraniano por um período de três meses”, escreveu Qomi na rede social Twitter no domingo, 23 de janeiro. 

O gabinete do vice-primeiro-ministro do regime talibã anunciou no início de janeiro que o Comité Económico do grupo reuniu-se com especialistas e autoridades locais para discutir a importação de petróleo e gás de países vizinhos, incluindo o Irão. O estabelecimento de um mercado comum com Teerão estava igualmente na agenda.

Esta ajuda é importante para o Afeganistão, uma vez que o país sofre uma crise de energia, o que leva a cortes de energia frequentes na capital, Cabul. A situação pode piorar à medida que o inverno avança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin