Afeganistão: Talibãs afirmam que mataram 8 membros do Estado Islâmico

Os talibãs anunciaram nesta sexta-feira, 24 de setembro, que mataram a tiro oito supostos integrantes do grupo jihadista Estado Islâmico. A ação aconteceu enquanto realizavam diversas operações realizadas no leste do Afeganistão, em resposta a atentados registados nos últimos dias. 

O grupo jihadista tinha reivindicado esses ataques, feitos através de várias explosões no fim de semana passado, dos quais resultaram nove mortos e 25 feridos, entre os quais integrantes dos talibãs. 

“Os mortos pertencem ao Estado Islâmico e faleceram nas últimas 24 horas, na cidade de Jalalabad e no distrito de Achin”, na província de Nangarhar. A informação foi confirmada à “Agência Efe” pelo diretor do escritório de Cultura e Informação da região, Hanif Nangarhari. 

Os oito cadáveres dos alegados integrantes do Estado Islâmico foram encaminhados para o hospital da província de Nangarhar, de acordo com um funcionário da Direção de Saúde Pública local, que pediu para ser mantido no anonimato. 

Estes ataques reivindicados pelo grupo jihadista foram os primeiros a acontecer no Afeganistão desde que os talibãs tomaram posse do país, a 31 de agosto. Recorde-se que tal aconteceu com a retirada de militares dos Estados Unidos da América e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla inglesa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin