Afeganistão: Talibãs afirmam que mataram 8 membros do Estado Islâmico

Os talibãs anunciaram nesta sexta-feira, 24 de setembro, que mataram a tiro oito supostos integrantes do grupo jihadista Estado Islâmico. A ação aconteceu enquanto realizavam diversas operações realizadas no leste do Afeganistão, em resposta a atentados registados nos últimos dias. 

O grupo jihadista tinha reivindicado esses ataques, feitos através de várias explosões no fim de semana passado, dos quais resultaram nove mortos e 25 feridos, entre os quais integrantes dos talibãs. 

“Os mortos pertencem ao Estado Islâmico e faleceram nas últimas 24 horas, na cidade de Jalalabad e no distrito de Achin”, na província de Nangarhar. A informação foi confirmada à “Agência Efe” pelo diretor do escritório de Cultura e Informação da região, Hanif Nangarhari. 

Os oito cadáveres dos alegados integrantes do Estado Islâmico foram encaminhados para o hospital da província de Nangarhar, de acordo com um funcionário da Direção de Saúde Pública local, que pediu para ser mantido no anonimato. 

Estes ataques reivindicados pelo grupo jihadista foram os primeiros a acontecer no Afeganistão desde que os talibãs tomaram posse do país, a 31 de agosto. Recorde-se que tal aconteceu com a retirada de militares dos Estados Unidos da América e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla inglesa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin