Afeganistão: Talibãs aprovam orçamento sem apoio internacional

O regime talibã no Afeganistão aprovou o primeiro orçamento desde o seu regresso ao poder, em agosto do ano passado. De acordo com o Ministério da Finanças local, esse documento não inclui qualquer ajuda internacional e é referente aos três primeiros meses de 2022. 

“Pela primeira vez desde há duas décadas, elaborámos um orçamento que não depende da ajuda internacional. É um grande êxito para nós”, declarou à agência “AFP” o porta-voz do ministério, Ahmad Wali Haqmal, nesta quinta-feira, 13 de janeiro. 

Antes deste regresso dos talibãs ao poder, o apoio internacional representava até 80% do orçamento afegão. No entanto, os doadores suspenderam essa ajuda, por não concordarem com o regime talibã. 

O orçamento aprovado tem uma quantia de 53,9 mil milhões de afghanis (450 milhões de euros). O montante destina-se apenas ao primeiro trimestre deste ano e é quase totalmente destinado às despesas de funcionamento do Governo.

Os talibãs decidiram que o ano fiscal passará a ser baseado no calendário solar, sendo assim o início do ano geralmente a 21 de março. O próximo orçamento, para os meses seguintes do ano, já está em fase de preparação, referiu Haqmal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

Moçambique: Administrador de Tete entre as vítimas mortais da tempestade Ana

O corpo do administrador do distrito de Tete, José Maria Mandere, foi encontrado na zona de Baixa de Benga. A…
Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

Timor-Leste: Líder do PT é primeira candidata a registar-se nas presidenciais

A presidente timorense do Partido Trabalhista (PT), Ângela Freitas, foi a primeira a formalizar a sua candidatura às eleições presidenciais,…
Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

Guiné Equatorial: Governo aprova listas de 4 mil empregos públicos

O Governo equato-guineense aprovou a publicação das listas dos quatro mil empregos públicos oferecidos à população. As listas foram divulgadas…
Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 26 de janeiro de 2022

Em Portugal o “Observador” escreve que “João Ferreira voltou com a missão de atacar PSD (e Chega). António Filipe chama…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin