Afeganistão: Talibãs pressionados por mais de 20 países devido a mortes e desaparecimentos

Os talibãs estão a ser pressionados por mais de 20 países sobre mortes e desaparecimentos de oficiais do governo do Afeganistão. Entre esses países estão os Estados Unidos da América e a Alemanha. 

Foi através de uma carta conjunta que as nações manifestaram profunda preocupação sobre relatos de que o regime talibã tem raptado e assassinado membros das forças de segurança e oficiais do governo anterior, antes da tomada do poder em Cabul, a 15 de agosto. 

Até ao momento, foram contabilizados mais de 100 casos, segundo um relatório da organização não governamental Human Rights Watch

Os países da missiva consideram que os registros representam violações sérias de direitos humanos. Neste âmbito, apelaram aos talibãs para que instituíssem uma anistia para integrantes da administração anterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Governo investe em transportes públicos com 600 autocarros novos

Angola: Governo investe em transportes públicos com 600 autocarros novos

O Governo angolano decidiu reforçar a frota de transportes públicos através da compra de mais 600 autocarros, de marca Volvo. Trata-se de…
Presidente do Azerbaijão apela que países petrolíferos paguem para resolver problemas climáticos

Presidente do Azerbaijão apela que países petrolíferos paguem para resolver problemas climáticos

À margem do Diálogo Climático de Petersberg, que decorre, em Berlim, o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, em entrevista à…
Moçambique: Tráfico de drogas financia terrorismo em Cabo Delgado

Moçambique: Tráfico de drogas financia terrorismo em Cabo Delgado

O Tribunal Supremo de Moçambique informou que o tráfico de drogas está a financiar o terrorismo na província de Cabo Delgado.  Ainda…
Ucrânia: Zelensky diz que restrições do Ocidente impedem ataque contra Rússia

Ucrânia: Zelensky diz que restrições do Ocidente impedem ataque contra Rússia

O Presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, pediu aos países ocidentais o envio de ajuda militar e que autorizem Kiev a…