Afeganistão: Talibãs voltam a pedir ajuda à Europa

Os talibãs apelaram à Europa para que se mantivesse em operação os aeroportos do Afeganistão. O pedido foi feito em conversas com representantes da União Europeia (UE), tendo os visados manifestado a sua preocupação com a situação humanitária no país. 

A informação foi divulgada neste domingo, 28 de novembro, através de um comunicado da UE. Sabe-se que os talibãs também irão entrar em negociações com os Estados Unidos da América, o que deverá demorar duas semanas. 

No mesmo comunicado pode ler-se que o Serviço Europeu para a Ação Externa (SEAE) afirma que “o diálogo não implica o reconhecimento da UE do governo provisório (talibã), mas faz parte do compromisso operacional da UE no interesse da UE e do povo afegão”

É igualmente mencionado que os talibãs comprometeram-se a cumprir a promessa de dar “anistia” aos afegãos que agiram contra eles durante as duas décadas de governo apoiado pelo Ocidente, deposto a 15 de agosto pelos talibãs. 

Os islâmicos já disseram que vão permitir a saída de afegãos e estrangeiros se assim o desejarem, enquanto “solicitam ajuda para manter as operações aeroportuárias” para que isso aconteça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

Brasil: FMI anuncia previsão negativa para o crescimento do Brasil em 2022, apenas 0,3%

O Fundo Monetário Internacional (FMI) derrubou as suas previsões de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2022…
Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, inicia nesta quarta-feira, 26 de janeiro, uma visita de trabalho à província de…
Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

A declaração foi feita pelo porta-voz da Bancada parlamentar do PAICV, Walter Évora, durante a conferência de imprensa de balanço…
Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o Plano Anual de Endividamento…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin