Ásia | Segurança

Atentado duplo em Cabul faz pelo menos 25 mortos incluindo nove jornalistas

Pelo menos 25 pessoas morreram, nove delas jornalistas, e 49 ficaram feridas, esta segunda-feira num duplo atentado  no centro de Cabul, capital do Afeganistão.

O duplo atentado ocorreu numa área que abriga a sede da NATO e os escritórios de várias organizações não governamentais internacionais e foi reivindicado pela organização extremista Estado Islâmico (EI), num comunicado divulgado por sua agência de propaganda Amaq.

Os jornalistas acorreram ao primeiro ataque para, trinta minutos depois, serem atingidos mortalmente pela segunda explosão, causada por um bombista-suicida que se disfarçara de repórter.

“Os apóstatas das forças de segurança, dos meios de comunicação e outras pessoas compareceram ao local da operação, onde um irmão os surpreendeu com seu colete de explosivos”, refere o comunicado da filial do EI no Afeganistão.

Também nesta segunda-feira, na província de Kandahar, no sul do Afeganistão, outro ataque suicida contra um comboio das forças aliadas matou ao menos 11 crianças e feriu outras 17 pessoas, entre elas cinco soldados romenos da Otan.

Cabul tornou-se, segundo a ONU, o local mais perigoso no Afeganistão para os civis, com o aumento dos ataques dos taliban e do Estado Islâmico.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo