China acusa EUA de “desinformação”

O conhecido jornal norte-americano “The New York Times” noticiou que a Rússia pediu ajuda económica e militar à China para continuar a guerra na Ucrânia e contornar as sanções ocidentais. Isto numa altura em que Washington avisou Pequim contra qualquer assistência a Moscovo. 

A publicação citou responsáveis que pediram o anonimato. Essas fontes não mencionaram a natureza exata da ajuda pedida, nem se a China respondeu. 

Em reação ao sucedido, um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China acusou os Estados Unidos da América de espalharem “desinformação”

“Nunca ouvi falar disso”, disse também um porta-voz da embaixada da China em Washington, numa declaração feita a vários órgãos de comunicação social. 

A notícia foi publicada na véspera de uma reunião, em Roma, entre o conselheiro para a segurança do Presidente dos EUA, Jake Sullivan, e o responsável do Partido Comunista Chinês para as questões diplomáticas, Yang Jiechi. Vão ser analisados “os esforços em curso para gerir a concorrência entre os dois países e também debater o impacto da guerra da Rússia contra a Ucrânia na segurança regional e mundial”, informou em comunicado a porta-voz do Conselho de Segurança da Casa Branca, Emily Horne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia quer retirada das forças russas

Ucrânia quer retirada das forças russas

As autoridades ucranianas informaram que vão exigir uma trégua imediata e a retirada das forças russas durante a nova ronda…
Moçambique: Terroristas mortos no distrito de Nangade

Moçambique: Terroristas mortos no distrito de Nangade

Um número considerável de terroristas, que nas últimas três semanas, mataram, pilharam, queimaram bens e obrigaram deslocar centenas de pessoas,…
Revista de Imprensa Lusófona de 14 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 14 de março de 2022

No Brasil “O Globo” tem em manchete o título “Viagens de Bolsonaro revelam guinada na política externa; África está fora…
Moçambique: Autoridade Tributária patenteia 32 funcionários na província de Niassa

Moçambique: Autoridade Tributária patenteia 32 funcionários na província de Niassa

Trinta e dois (32) funcionários da Autoridade Tributária (AT) afectos na província de Niassa, foram na sexta-feira passada, patenteados na…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin