Ásia | Segurança

Coreia do Sul quer permanência das forças dos EUA mesmo depois do tratado de paz

A Coreia do Sul declarou na quarta-feira a permanência no território das forças dos Estados Unidos, mesmo depois de um futuro tratado de paz com a Coreia do Norte ser assinado.

“As tropas dos EUA posicionadas na Coreia do Sul são uma questão que diz respeito à aliança entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos. Não tem nada a ver com a assinatura de tratados de paz”, disse Kim Eui-kyeom, porta-voz da Presidência sul-coreana, citando o presidente Moon Jae-in.

As declarações de Eui-lyeom surgem em resposta a comentários de analistas e académicos sul-coreanos, que apontaram que o destacamento dos EUA no sul não se justificaria no caso de um acordo de paz.

Atualmente os EUA têm cerca de 28.500 soldados na Coreia do Sul, e há muito que a Coreia do Norte exige a sua retirada como uma das condições para abandonar seus programas nuclear e de mísseis.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo