Coreia do Sul responsabiliza Kim Jong Un pelo assassinato do meio-irmão

De acordo com a agência de espionagem da Coreia do Sul, o assassinato de Kim Jong Nam, meio irmão do líder norte coreano Kim Jong Un, foi planeada pelos Ministérios dos Negócios Estrangeiros e pelo Ministério da Segurança Nacional.

“O assassinato de Kim Jong Nam foi um acto de terror ordenado por Kim Jong Un”, referiu o responsável Kim Byung-kee. “A operação foi conduzida com dois grupos para conduzir o assassinato e uma equipa de apoio”.

Kim Jong Nam foi atacado a 13 de Fevereiro no aeroporto de Kuala Lumpur com o gás VX, tendo morrido 20 minutos depois.

Três suspeitos estão detidos, incluindo duas mulheres do Vietname e da Indonésia que foram as responsáveis por atingir a face de Kim com o gás letal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Dia Mundial do Teatro celebrado no Rossio e online

Este ano, o Teatro Nacional D. Maria II celebra o Dia Mundial do Teatro no Rossio, mas também noutras zonas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin