Filipinas: Presidente Duterte declara ‘Estado de Emergência’

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, assinou, ontem, segunda-feira, o decreto que proclama o “estado de emergência nacional devido à violência anárquica”, após o atentado da última sexta-feira que fez 14 mortos e 67 feridos.

O atentado ocorreu no Mercado Davao, uma das principais cidades da ilha de Mindanao, da qual Duterte foi prefeito durante 22 anos. O grupo Abu Sayyaf, vinculado ao Estado Islâmico (EI), reclamou a autoria do ataque, muito embora a Polícia não descarte a possibilidade de o mesmo ter sido obra de narcotraficantes em reação à campanha que Duterte lançou contra as drogas e que já fez quase 2.500 mortos em dois meses.

Duterte assinou o documento pouco antes de partir para Laos para participar da cimeira da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), informou o secretário-executivo da presidência filipina, Salvador Medialdea, segundo o portal “Rappler”.

Com esta medida, Duterte ordena às Forças Armadas e à Polícia Nacional “a repressão de todas as formas de violência anárquica em Mindanao” e “a prevenção da sua propagação e intensificação no resto do território”, segundo o texto. A determinação “permanecerá em vigor até que seja suspensa ou retirada pelo presidente”.

O conselheiro de paz da presidência das Filipinas, Jesus Dureza, detalhou, entretanto, em comunicado que a medida “simplesmente possibilita às Forças Armadas realizar operações que normalmente só cabem à Polícia”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde: Ministro da Educação admite necessidade de reabilitar mais escolas

Cabo Verde: Ministro da Educação admite necessidade de reabilitar mais escolas

O ministro da Educação de Cabo Verde, Amadeu Cruz, admite a necessidade de o Governo ter de continuar a trabalhar…
Guiné-Equatorial diz que ratifica Acordo de Mobilidade da CPLP até maio

Guiné-Equatorial diz que ratifica Acordo de Mobilidade da CPLP até maio

As autoridades da Guiné-Equatorial comprometeu-se a ratificar o Acordo de Mobilidade da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) até maio,…
Guiné-Bissau: Acção da Polícia na sede do PAIGC causa 3 feridos graves

Guiné-Bissau: Acção da Polícia na sede do PAIGC causa 3 feridos graves

Após um juiz ter impedido a realização do Xº Congresso do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde…
Timor-Leste e Austrália analisam cooperação em segurança marítima

Timor-Leste e Austrália analisam cooperação em segurança marítima

O ministro da Defesa de Timor-Leste, Filomeno Paixão, e o Embaixador australiano no país, William Costello, debateram a cooperação na…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin