Ásia

Filipinas: Supremo Tribunal aprova candidatura de Poe às presidenciais

O Supremo Tribunal das Filipinas deu, na passada terça-feira, «luz verde» a Grace Poe para participar nas eleições de Maio, dando à candidata a oportunidade de se tornar na terceira mulher à frente do país.

O tribunal rejeitou uma regra da comissão eleitoral, em Dezembro, que impediria a candidatura de Poe por esta não ser natural das Filipinas e não viver no país há tempo suficiente para validar a sua candidatura.

Poe, de 47 anos, falou aos seus apoiantes no dia internacional da mulher em Manila, onde garantiu que esta não se trata apenas duma vitória pessoal como também duma vitória dos pobres, dos oprimidos e das mulheres.

A Constituição das Filipinas define «filipinos natos» como «aqueles que são cidadãos das Filipinas desde o seu nascimento sem ter de praticar qualquer ato para adquirir ou aperfeiçoar a sua cidadania».

Alguns críticos argumentam que Poe não se enquadra nesta definição de «filipinos natos», uma vez que não se sabe se os seus pais biológicos eram cidadãos filipinos.

Estes também acusam Poe de ter adquirido nacionalidade norte-americana e posteriormente ter renunciado a esta, para além de não ter residido nas Filipinas durante 10 anos seguidos, o que é um dos requisitos para exercer o cargo.

Poe defense-se dizendo que foi abandonada logo depois do seu nascimento, tendo sido posteriormente adotada pelo casal de cinema mais famoso do seu país com 5 anos de idade.

Sem qualquer experiência política na altura, Poe foi das candidatas mais votadas nas eleições de  2013, por ter uma imagem fresca e nova perante um eleitorado cansado da constante corrupção que se vive no país.

Num país obcecado por estrelas de cinema, eleitas para lugares no senado e até na presidência, Grace tem beneficiado do seu estatuto de filha de atores de cinema, evocando enumeras vezes o nome do pai, Fernando Poe, nesta campanha eleitoral.

Os principais rivais de Poe são o sucessor preferido de Aquino, Mar Roxas, Vice-Presidente Jejomar Binay e Rodrigo Duterte, que que auto-intitula como  “Dirty Harry” cruzado anti-crime.

De acordo com as mais recentes sondagens, os quatros candidatos estão bastante equilibrados em relação ao número de simpatizantes, embora Poe apresente uma pequena vantagem.

 

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo