Ásia

Indonésia: Explosão perto do palácio presidencial faz dois feridos

Uma explosão ocorreu na manhã desta terça-feira dentro do complexo do Monumento Nacional no centro de Jacarta, a menos de 100 metros do Palácio Presidencial, ferindo dois soldados do Exército, anunciaram as autoridades de segurança de Jacarta. A explosão foi supostamente causada por uma granada de fumo.

O Inspetor Chefe da Polícia de Jacarta, general Gatot Eddy Pramono, e o comandante militar de Jayakarta, general Eko Margiyono, visitaram o local logo após a explosão e anunciaram imediatamente que a situação estava sob controlo.

As autoridades disseram que o esquadrão anti-bomba da polícia estava a proceder a buscas na área para garantir que não houvesse mais explosivos.

A explosão ocorreu no lado norte da praça Monas, a uma curta distância do Palácio Presidencial, do Supremo Tribunal, do Ministério de Assuntos Internos e da sede do Exército.

“A explosão aconteceu às 7h15 no lado norte de Monas. Asseguramos a área e uma investigação completa está em andamento. Os dois soldados feridos foram levados para o Hospital Central do Exército [Gatot Subroto] … Suspeitamos que a explosão foi causada por uma granada de fumo”, disse Gatot no local. A origem da granada ainda é desconhecida.

As duas vítimas estavam com um grupo de outros soldados da Guarnição do Exército de Jayakarta nas atividades da manhã quando o incidente aconteceu.

O sargento Fajar Arisworo ficou ferido nas duas mãos e no braço esquerdo e o soldado Gunawan Yusuf ficou ferido na coxa, segundo Eko. “A situação está sob controlo. Estamos a investigar a causa do incidente”, disse Eko, pedindo ao público que não compartilhe vídeos e fotos das vítimas por respeito.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo