Ásia

Indonésia: Homem de 24 anos por trás de atentado suicida ao quartel-general da polícia de Medan

Um homem de 24 anos, estafeta de moto, foi identificado pela polícia como o sendo o bombista suicida que realizou o ataque à sede da esquadra da Polícia de Medan em Medan, Sumatra do Norte, na quarta-feira.

O porta-voz da Polícia do Norte de Sumatra, Tatan Dirsan Atmaja, informou que o bombista era um morador da cidade de Medan identificado como Nasution Rabbial Muslim, também conhecido como Dedek. Até agora, acredita-se que tenha realizado o ataque sozinho e desconhece-se se estaria afiliado a grupos terroristas.

Segundo Tatan, o esquadrão antiterrorismo da polícia Densus 88 e a polícia de Sumatra do Norte, deslocou-se à residência do atacante após o acidente e três dos seus familiares foram encaminhados para interrogatório.

O atentado suicida ocorreu por volta das 8:45 da manhã de quarta-feira, após a chamada matinal na sede da polícia da esquadra. Seis pessoas, incluindo quatro policiais, um funcionário não permanente e um civil, sofreram ferimentos no ataque.

O general Mardiaz Kusin disse que Rabbial havia sido inspeccionado e examinado pelos policiais de plantão no portão antes de entrar no complexo da polícia.

Foi quando Rabbial se reuniu a membros do público que estavam a solicitar a obtenção de certificados de boa conduta (SKCK) perto do escritório operacional da polícia, que se fez explodir.

A polícia anunciou que continuará as investigações no sentido de determinar se o atacante pertencia ao grupo terrorista Jamaah Ansharut Daulah (JAD), ligado ao Estado Islâmico, que está por trás de vários ataques terroristas na Indonésia.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo