Ásia

Indonésia intensifica corrida à vacina para o COVID-19

A Indonésia intensifica corrida à vacina para o COVID-19. O país vai iniciar na próxima semana os ensaios clínicos de fase 3 em Bandung, Java Ocidental.

Cerca de 2.400 amostras de uma vacina experimental foram enviadas da China para Bandung para ensaio, que começará em 3 de agosto. A vacina, desenvolvida pela empresa biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech, é um dos únicos cinco dos 166 candidatos a alcançar tal estágio avançado de teste.

Um participante americano na corrida por uma vacina, desenvolvido pela Moderna, entrou em testes de fase 3 nos Estados Unidos na segunda-feira.

Os testes da fase 3 envolvem aplicar a vacina a milhares de voluntários para ver quantos são infetados, em comparação com outros que recebem placebo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Indonésia, Retno Marsudi, anunciou o plano Bandung numa conferência de imprensa virtual na semana passada, dizendo que o projeto é dirigido na Indonésia pela holding farmacêutica estatal Bio Farma.

A CEO da empresa, Honesti Basyir, disse que o ensaio clínico está programado para durar seis meses e será concluído em janeiro de 2021.

Segundo a responsável, a Bio Farma espera distribuir 40 milhões de doses da vacina por ano assim que o governo autorizar o seu uso generalizado e planeia expandir a distribuição para 250 milhões de doses por ano.

A Bio Farma escolheu a Sinovac Biotech como parceira, porque o método de fabricação usado pela empresa chinesa corresponde às competências da Bio Farma, que já desenvolveu vacinas similares, como a da doença respiratória pertussis ou tosse convulsa.

Retno disse que a parceria com a Sinovac Biotech é uma das múltiplas iniciativas que a Indonésia está a tomar para encontrar uma vacina eficaz.

A CEO revelou que a Indonésia está a trabalhar em estreita colaboração com a Genexine, uma empresa biofarmacêutica sul-coreana, para desenvolver uma vacina baseada em DNA. O ministro dos Negócios Estrangeiros disse que o embaixador da Indonésia na Coreia do Sul, Umar Hadi, facilitou a cooperação entre o Kalbe Farma da Indonésia e a Genexine.

“A Genexine realizou seu primeiro ensaio clínico na Coreia do Sul e durará até agosto deste ano. A segunda fase será realizada na Indonésia em setembro ou outubro”, disse Retno.

Daniel Tumpal Simanjuntak, diretor do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Indonésia para a África, disse que os detalhes desse ensaio ainda estão em discussão.”

Ainda não temos informações sobre quantas amostras de vacinas serão enviadas para a segunda fase de ensaios clínicos na Indonésia, além de outras providências”, disse Tumpal.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo