Ásia

Indonésia: Jacarta limita as vendas de alimentos nas lojas para evitar compras de pânico

O governador de Jacarta, Anies Baswedan, anunciou no domingo que o governo da província decidiu limitar as vendas de alimentos nas lojas para evitar compras de pânico numa altura de alerta total devido à pandemia de COVID-19.

A associação de retalhistas impôs limites às vendas de alimentos para controlar a compra de pânico, o que também poderia prejudicar a estabilidade do mercado. Nós já tínhamos um acordo com a associação“, disse Baswedan.

A restrição entrará em vigor nesta semana” acrescentou o responsável, pedindo às pessoas que se dirijam às lojas apenas quando for necessário.

Os stocks de alimentos de Jacarta estão garantidos. Segundo a Bulog (agência estatal de logística), temos pelo menos 320.000 toneladas de arroz armazenadas nos armazéns. Poderá durar para os próximos dois meses“, comentou Baswedan.

Com o número de casos de COVID-19 a aumentar, o governo da província de Jacarta sugeriu que o governo da Indonésia restringisse o acesso de entrada e saída à capital do país.

Não conseguimos decidir sozinhos essa restrição, ela deve ser consultada com o chefe da agência nacional de mitigação de desastres (BNPB)“, disse.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo