Ásia

Indonésia: Ministério autorizado a produzir em massa de colar de eucalipto anti-Covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia, Syahrul Yasin Limpo, anunciou que o seu ministério começará a produzir em massa um colar anti-Covid-19 feito de eucalipto. Prevendo começar a produção em agosto, Limpo declarou que o colar poderia matar 80% do vírus num paciente em apenas meia hora.

Alguns dias depois, o chefe de pesquisa e desenvolvimento do ministério, Fadjry Djufry, recuou, dizendo que os produtos – que incluíam inaladores e roll-ons de mão – eram apenas para aromaterapia e que não seriam rotulados como antivirais, embora possam tratar sintomas conhecidos do Covid-19, como falta de ar.

O ministro indonésio da saúde, Terawan Agus Putranto, é uma das figuras que tem vindo a defender os efeitos protetores do colar de eucalipto. “As pessoas que o usarem podem sentir-se mais confiantes e isso potencia o sistema imunitário“, indicou a um canal televisivo local.

Numa conferência virtual recente entre médicos, Lucia Rizka Andalusia, diretora de registo dos medicamentos da BPOM, disse que a agência não fecharia a porta da criatividade nos esforços para encontrar e usar medicamentos tradicionais à base de plantas eficazes contra o Covid-19, mas enfatizou que devem garantir a segurança.

Entretanto o presidente do conselho independente de médicos da Indonésia, Sukman Tulus, alertou para que a administração de medicamentos, fitoterápicos e substâncias curativas tradicionais que “ainda não estão licenciados e não têm padrões claros equivaleria a uma violação do dever profissional e até mesmo uma violação da lei” para os médicos, disse.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo