Ásia

Indonésia: Polícia de Singkawang detém suspeito de tráfico humano para a China

A polícia de Singkawang anunciou a detenção de um homem suspeito de vender noivas para a China. De acordo com o chefe da polícia de Raymond Masengi, as vítimas eram três mulheres que moram no distrito de Mayasofa.

A polícia relatou acreditar que o suspeito, identificado como NK, planeava levar as vítimas para a China para se casarem com homens chineses. Relatos indicam que tais práticas geralmente acabam em abusos conjugais.

Raymond explicou que a polícia frustrou a operação depois de receber informações de moradores sobre uma tentativa de tráfico de seres humanos.

“Depois de receber as informações, abordamos o carro do suspeito na área de Sakok, que fica no distrito de South Singkawang”, contou Raymond, citado pela kompas.com na sexta-feira.

NK conduzia um carro e tinha três mulheres como passageiros. Os polícias também confiscaram várias provas, como três telemóveis, um conjunto de bilhetes de identidade, passaportes, um carro Agya preto e uma passagem de avião de ida para um voo de Pontianak para Jacarta.

O suspeito deve ser acusado de acordo com os artigos 2 e 10 da Lei 21/2007 sobre o tráfico de seres humanos, enfrentando um máximo de 15 anos de prisão e uma multa de pelo menos 1.414 dólares se for condenado.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo