Indonésia: Polícia quer processos criminais para violadores das restrições sociais

O porta-voz da Polícia de Metro Jaya, Grande Comissário Yusri Yunus, sugeriu esta segunda-feira que os violadores das medidas de restrição social em larga escala (PSBB) sejam alvo de processos criminais segundo o Código Penal (KUHP).

“Se forem necessárias punições severas, as leis disponíveis incluem a Lei No.4 / 1984 sobre a propagação da pandemia, a Lei No.6 / 2018 sobre quarentena de saúde, ou se for necessário, há os Artigos 212, 216 e 218 do Código Penal”, disse Yusri Yunus na sede da Polícia Metro Jaya.

Entretanto, a aplicação da lei para acabar com os violadores do protocolo de saúde serão discutidos numa reunião ao final do dia de hoje. Da reunião farão parte responsáveis da administração de Jacarta, polícia nacional e comandos militares (TNI).

O governador de Jacarta, Anies Baswedan, restabeleceu oficialmente a restrição social em larga escala (PSBB) nesta segunda-feira. Com uma duração de duas semanas, a medida é uma tentativa de reduzir o número de contágios de Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

O “Jornal de Angola” noticia “Angolanos que fogem da Ucrânia podem chegar a Luanda este mês”. Segundo a “Angop”, os…
Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin