Ásia

Indonésia prende 36 suspeitos de planearem atentados antes da tomada de posse de Joko Widodo

A polícia indonésia anunciou a detenção de 36 suspeitos de planear atentados antes da tomada de posse presidencial, que contará com a presença de líderes asiáticos.

O porta-voz da polícia nacional Dedi Prasetyo informou esta quinta-feira que as prisões em oito províncias, na semana passada, se seguiram a uma denúncia sobre possíveis ataques contra a polícia e locais de culto em várias áreas.

Na semana passada, um casal foi preso por esfaquear o principal ministro da Segurança da Indonésia, Wiranto, que ainda está a recuperar dos ferimentos sofridos.

Prasetyo revelou que foram destacados 31.000 agentes de segurança para proteger a capital durante a tomada de posse do presidente Joko Widodo numa cerimónia parlamentar, embora não tenha havido aviso de um possível ataque no evento.

Recorde-se que Widodo foi reeleito em abril com 55,5% dos votos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo