Indonésia: Tribunal suspende sentença de prisão a adolescente acusada de abortar

Numa decisão rara, o Tribunal do distrito Muara Bulian, em Jambi, decidiu suspender a sentença de seis meses de prisão para uma adolescente de 15 anos condenada por abortar depois de ter sido estuprada pelo seu irmão.

Derman Nababan, que lidera o tribunal distrital, disse na quinta-feira que a decisão foi tomada por “motivos humanitários”.

O veredicto contra a vítima adolescente de estupro provocou críticas de ativistas de direitos humanos que acreditam que o seu julgamento foi leviano, e lançaram uma grande campanha exigindo que a jovem seja libertada da prisão.

Mais de 9.000 pessoas assinaram uma petição exigindo a sua libertação no site change.org. A petição foi iniciada pelo Consórcio Jambi Women.

Os ativistas, alegando uma série de irregularidades durante o julgamento, também acusaram os juízes que levaram o caso à Comissão Judicial por supostas violações de ética. A comissão garantiu que analisaria o relatório.

Entre as irregularidades está o fato de que tanto a vítima quanto o perpetrador foram representados pelo mesmo advogado em dois casos diferentes: aborto e agressão sexual.

O Supremo Tribunal de Jambi disse na quarta-feira que convocaram os juízes para interrogatório.

O caso veio a público no início de junho, quando os moradores locais encontraram um feto morto de 8 meses de idade numa plantação na aldeia de Pulau, no distrito de Muara Tembesi. Com base nos resultados da investigação, a polícia descobriu que a menina de 15 anos era a mãe do bebé.

A menina foi considerada culpada de aborto, conforme estipulado no artigo 77 da Lei de Proteção Infantil, enquanto seu irmão foi considerado culpado de aborto e agressão sexual, conforme estipulado no artigo 81 da mesma lei.

De acordo com a Lei de Saúde, as vítimas de estupro podem abortar legalmente nos primeiros 40 dias da conceção. No entanto, a vítima, neste caso, decidiu interromper sua gravidez depois de oito meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: MpD votou contra instrumentos de gestão da CMP

Cabo Verde: MpD votou contra instrumentos de gestão da CMP

A Assembleia Municipal da Praia aprovou os instrumentos de gestão da autarquia local com 11 votos a favor do PAICV…
Covid-19: Risco de hospitalização é menor com Ómicron em comparação com a Delta

Covid-19: Risco de hospitalização é menor com Ómicron em comparação com a Delta

Dois novos artigos científicos aumentam as evidências de que a variante do coronavírus Omicron pode ter menos probabilidade de causar…
Angola: FPU "não vai distinguir se os quadros forem do partido A ou do partido B"

Angola: FPU "não vai distinguir se os quadros forem do partido A ou do partido B"

Uma das caras da Frente Patriótica Unida (FPU) e líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, prometeu que esta plataforma política…
Glaciares dos Himalaias estão a derreter a um "ritmo excepcional"

Glaciares dos Himalaias estão a derreter a um "ritmo excepcional"

O degelo acelerado dos glaciares dos Himalaias ameaçam o abastecimento de água de milhões de pessoas na Ásia, alertam novas…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin