Ásia | Segurança

Myanmar: Doze mortos em confrontos em Rakhine

Doze pessoas morreram em Myanmar, no estado de Rakhine, em confrontos entre tropas e homens armados, referiu a imprensa estatal esta quarta-feira, numa altura em que se regista um aumento da violência nesta zona rebelde.

Quatro soldados e um dos homens armados morreram na passada terça-feira quando centenas de homens atacaram tropas na vila de Pyaungpit, no distrito de Maungdaw.

As tropas também encontraram 7 mortos juntamente com as suas armas rudimentares depois de terem começado confrontos da aldeia de Taung Paing Nyar.

“Depois do incidente foram encontrados 7 mortos”, contou a “Global New Light of Myanmar”.

O exército tem passado a pente fino a região, perto da fronteira com o Bangladesh, depois de nove polícias terem sido mortos no passado domingo em ataques organizados a 3 postos fronteiriços.

A maioria populacional desta região são Rohingya muçulmanos, uma minoria budista sem nacionalidade, considerados imigrantes ilegais.

Esta onda de conflitos é uma repetição de 2012 quando uma onda de violência atravessou Rakhine, matando mais de 100 pessoas e conduzindo dezenas de milhares Rohingya para campos de deslocados.

Quatro homens suspeitos de estarem envolvidos nos ataques de domingo, dois dos quais identificados pela imprensa como sendo Andra Mular Kein e Mawlawi Fordita Laung, foram capturados na passada terça-feira.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo