Secretário-Geral da ONU, António Guterres

ONU pede fundos para Afeganistão não ter de vender bebés

A Organização das Nações Unidas (ONU) apelou novamente à recolha de fundos para o Afeganistão. Este é um pedido urgente, que tem como objetivo fazer com que famílias afegãs deixem de vender bebés para comprar comida.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu também aos talibãs o fornecimento de informações acerca do paradeiro dos ativistas que desapareceram recentemente, de maneira a que os visados possam ser “libertados imediatamente”.

É igualmente exigido que os talibãs reconheçam os direitos do sexo feminino. “Instamos os talibãs a aproveitarem este momento e conquistarem a confiança e a boa vontade da comunidade internacional, reconhecendo – e defendendo – os direitos humanos fundamentais que pertencem a todas as meninas e mulheres”, realçou o diplomata português.

As declarações foram feitas nesta quarta-feira, 26 de janeiro, segundo a “AFP”. Tratam-se de apelos aceites e reivindicados pelo responsável afegão nas Nações Unidas, durante uma reunião do Conselho de Segurança.

Guterres alertou que a economia afegã deve ser “reanimada” com mais dinheiro. “Sem ação, vidas serão perdidas e o desespero e o extremismo aumentarão”, enquanto um “colapso da economia afegã pode levar a um êxodo em massa de pessoas que fogem do país”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin