Putin avança com gás pago em rublos e Alemanha e França rejeitam

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou nesta quinta-feira, 31 de março, que assinou um decreto que obriga os compradores estrangeiros considerados “hostis” a pagar o gás russo em rublos. A medida entrará em prática a partir desta sexta-feira, 01 de abril. 

Se o pagamento do gás for realizado noutra moeda, avisou, os contratos serão interrompidos. “Se os pagamentos não forem feitos, vamos considerar que houve uma falha por parte dos compradores, com todas as consequências decorrentes. Ninguém nos dá nada de graça e também não vamos fazer caridade – ou seja, os contratos existentes serão terminados”, declarou. 

Entretanto, a Alemanha e a França informaram que rejeitam a exigência russa, por considerarem que se trata de uma violação inaceitável dos contratos e que isso é “chantagem”, refere a “Reuters”. 

Foi o ministro das Finanças da França, Bruno le Maire, quem partilhou que o seu país e a Alemanha rejeitam a exigência da Rússia. 

Por sua vez, o ministro alemão da Economia, Robert Habeck, afirmou numa conferência de imprensa que ainda não tinha visto um novo decreto assinado por Putin sobre a obrigatoriedade do pagamento do gás em rublos. No entanto, frisou que a Alemanha estava preparada para todos os cenários, incluindo uma interrupção dos fluxos de gás russo para a Europa.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

Teatro da Trindade estreia "Nuvem"

O espetáculo “Nuvem”, de Carlos Manuel Rodrigues, vencedor da 4ª Edição do Prémio Miguel Rovisco – Novos Textos Teatrais, estreia…
Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…